30 de nov de 2007

Rio Grande do Sul

Oxalá de Nelson Boeira Faedrich
(veja nota mais abaixo)


Feriado em homenagem ao “Dia da Consciência Negra”,
de Porto Alegre, na pauta do Órgão Especial

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça desta segunda-feira, 18/10, reúne-se em sessão jurisdicional para julgamento de 40 processos. Entre eles, será apreciado o mérito de três Ações Diretas de Inconstitucionalidade (ADIns) ajuizadas contra a Lei n° 9.252/03, do Município de Porto Alegre, que instituiu o feriado de 20 de novembro em homenagem ao “Dia da Consciência Negra”. (confira mais informações abaixo).

Dia da Consciência Negra – Será apreciado o mérito das ADIns propostas contra a Lei n° 9.252/03, do Município de Porto Alegre, pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul, Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre e Federação do Comércio de Bens e Serviços do Estado do RS. A lei declarou feriado civil a data de 20 de novembro, em homenagem ao “Dia da Consciência Negra” e está suspensa, liminarmente, desde 17/11/2003. O relator é o Desembargador João Carlos Branco Cardoso (Proc. 70007609308; 70007609407; 70007611650).

Fonte: TJ-RG

Marcha Zumbi - Reparações Já

A Semana da Consciência Negra é fato consumado em todo país.
Tudo começou pelo Grupo Palmares, de Porto Alegre, que, em meados
dos anos 70 instituiu o dia 20 de novembro, data da morte do Líder negro
Zumbi dos Palmares, como marco de referência em contra ponto ao
13 de maio, dia da falsa Abolição.
A CECDR/CUT/RS tem se reunido, desde de seu encontro Estadual em
julho do corrente, quinzenalmente para discutir e encaminhar à CUT e
seus sindicatos filiados, políticas de combate ao racismo e de melhorias
das condições de trabalho de negras e negros .
É com esta missão que nos juntamos ao Movimento Social Negro do RS
e construímos atividades que estarão discutindo a situação do povo negro
gaúcho e brasileiro.
Tanto o Seminário, que acontece nos dias 19 e 20, quanto a “Marcha
Estadual Zumbi dos Palmares contra o Racismo: Reparações Já”,
são atividades que tem total apoio da CUT/RS.
Neste sentido é de suma importância que os sindicatos que ainda não
possuem seus Coletivos ou GTs de Raça possam estar criando e
participando das reuniões da CECDR/CUT/RS.
CONGRESSO NACIONAL DE NEGRAS E NEGROS
DO BRASIL - CONNEB
Dentro desta perspectiva de discussão de Políticas de Promoção de
Igualdade Racial a CECDR/CUT/RS, tal qual a Comissão Nacional de
Combate à Discriminação Racial CNCDR/Cut se inseriu nas
discussões e encaminhamentos da próxima etapa do CONNEB, que
acontecerá em fevereiro/08, em POA e estará recebendo em nossa capital mais
de 600 delegados(as) de todo o pais, discutindo um projeto político
para o povo nego brasileiro, onde as questões do mercado de trabalho
e a exclusão da população dos postos de trabalho são questões primordiais.
Tal constatação fica muito clara com os dados informados recentemente
pela DRT/RS, onde demonstram a real situação da população negra.
A etapa gaúcha do CONNEB será nos dias 28 e 29 de fevereiro e 01 e
02 de março de 2008. Também já foi confirmado pela executiva da CUT/RS
que o escritório do CONNEB no RS será na sede da Central.
A próxima etapa do CONNEB será em Belém do Pará, em novembro de
2008 e a grande plenária final em abril de 2009 na cidade de Salvador/BA.
Programação do "Seminário da Consciência Negra: um olhar sobre políticas
de promoção da igualdade racial."
Data: 19 e 20 de novembro
Local: Casa de Cultura Mario Quintana (Rua dos Andradas, 736 - 2º andar - Teatro Carlos Carvalho)
Fonte: CUT/RGS

MARGS lembra Dia da Consciência Negra

O MARGS, em conjunto com a Secretaria da Cultura e o Governo do Estado, celebra o Dia da Consciência Negra terça-feira (20), às 17h, com a inauguração da mostra Deuses do Panteão Africano, no Café do MARGS. A exposição apresenta reproduções em off-set da série de óleos em que o artista porto-alegrense Nelson Boeira Fäedrich retratou 14 orixás. A visitação ocorre até 9 de dezembro, de terça a domingo, das 10h às 19h, com entrada franca.

As reproduções fazem parte de um álbum pertencente ao Acervo do Museu, datado de 1980. A série Deuses do Panteão Africano (Orixás) foi pintada no final da década de 60. Nela, Fäedrich retratou as divindades Oxóssi, Ogum, Exú, Elegbará, Ossanyn, Iansã, Xangô, Xapanan, Obá, Oxalá, Yemanjá, Oxumaré e Omolú. Depois da itinerância que levou a mostra para todo o país, o artista doou os trabalhos originais ao Ministério do Interior e às embaixadas de Portugal e de países da África.

Fonte: Governo do RGS

Nenhum comentário: