23 de mai de 2008

Gravataí (RS) discute lei 10.639

(transcrição integral)

Assessoria do Negro
Sociedade Seis de Maio discute implementação da Lei 10.639

Fotos: Secom/PMG - Marilene Zandonai

Dentro das comemorações de aniversário, a Sociedade Beneficente Seis de Maio realizou neste domingo (18) uma mesa redonda para debater a implementação da Lei 10.639/03, que trata da História e Cultura dos Afro-brasileiros no currículo escolar. O evento contou com apoio da Assessoria de Políticas Públicas para o Negro (APPN) e da Secretaria Municipal de Educação (Smed).


A mediadora do debate foi a assessora pedagógica da Smed, Terezinha Juracy Machado da Silva. Após a apresentação do vídeo “A cor da Cultura” e da projeção do filme “As filhas do Vento”, Terezinha falou sobre o encontro em Curitiba, nos dias 13 e 14, promovido pelo Ministério da Educação, com representantes de secretarias estaduais e municipais da educação e com representantes da sociedade civil, para tratar da implementação da Lei 10.639.


“O que ficou bem claro, através do documento formatado, foi a reafirmação de que a Lei 11.645/07, que trata especificamente das questões indígenas, não veio para substituir a 10.639”, afirma a mediadora. Para ela, a Lei 11.645 deverá ser discutida pela sociedade brasileira em um outro momento.


Comunidade presente
O assessor municipal de Políticas Públicas para o Negro, Claudiomiro Silva da Silva, comenta que a atividade conseguiu agregar pessoas da comunidade desejosas de conhecer e discutir as propostas contidas na Lei 10.639. “Estamos trabalhando na aplicabilidade dessa lei junto com a Smed”, diz. Silva vem acompanhando as Formações Continuadas promovidas pela Smed para os professores da rede municipal de ensino sobre a introdução da História e Cultura Afro-brasileira no currículo das escolas municipais.


O coordenador-geral da Sociedade Seis de Maio, Lizandro Paim, afirmou na ocasião que esse e outros temas pertinentes à cultura e história dos afros-descendentes serão abordados durante o ano. Ao final do encontro os participantes receberam certificados.

Fonte: Prefeitura de Gravataí

Nenhum comentário: